Flasa

A Sociedade em que vivemos possui  características diversas. Se de um lado nos condoemos com a miséria social vigente, do outro, isolamo-nos em núcleos de forma a nos proteger de suas consequências.

Não nos é mais lícito permanecer calados e inertes diante de tamanha miséria e degradação Humana. A violência, sob todos os aspectos recrudesce a cada dia. O homem hoje anseia por espiritualidade, mas não consegue encontra-la sem esforço e determinação.

Omitir-se é contribuir para que esse quadro se fortaleça cada vez mais, onde a principal vítima é a criança.

Buscando realizar ideais  próprios e atender aos anseios sociais, criamos a Fundação  Lar de Amor e Sabedoria que envolve instituições com o fim de amenizar a miséria social, moral espiritual.

FUNDAÇÃO LAR DE AMOR E SABEDORIA

A Fundação Lar de Amor e Sabedoria pretende contribuir na criação e manutenção das seguintes instituições:

•Sociedade Espírita Amor e Sabedoria

•Escola Fundamental José Petitinga

•Escola Profissionalizante Oficina do Bem

• Creche Irmão José

Entidades sem fins lucrativos e de orientação Espírita.

 

A Fundação Lar de Amor e Sabedoria foi criada em 31 de março de 2003, e constituída legalmente em 11 de março de 2004, com o registro da sua Escritura de Constituição de Fundação e Transcrição do seu Estatuto Social, no Cartório do 1º Ofício de registro Civil de pessoas jurídicas de Camaçari-Bahia, sob o nº 4867, no livro A-5 após a devida aprovação legal pelo Ministério Público do Estado da Bahia.

Com o intuito de realizar seus projetos de vida, a Fundação Lar de Amor e Sabedoria foi criada por um grupo de pessoas, desejosas de servir ao próximo mais carente e, de algo fazer em prol da sociedade. Esse mesmo grupo, tomou  como principal objetivo, atender a comunidade carente local assistindo-os com orientação religiosa, higiene, saúde, meio ambiente, atendimento Médico Odontológico, cestas básicas, evangelização, medicamentos, etc.

E assim aliados a pessoas determinadas no mesmo propósito e direcionadas pelos ideais da doutrina espírita, o grupo foi se fortalecendo num propósito comum, culminando com a criação da Fundação Lar de Amor e Sabedoria.

As pessoas envolvidas adquiriram um terreno situado na quadra “X”, lote nº 03 no loteamento

Vale da Landirana, Distrito de Abrantes, Município de Camaçari, terreno esse escriturado no Cartório do 12º OFÍCIO DE NOTAS, sob a Ordem nº 204656, livro 0096, folha nº 149, datado de 30 de janeiro de 2003, e registrado no Cartório de Registro de Imóveis de Camaçari em 05/04/2003 sob o registro nº 20009 livro 44E83- lq 011

 

FUTURAS INSTALAÇÕES FUNDAÇÃO LAR DE AMOR E SABEDORIA

Aliadas a este trabalho de construção física a Fundação Lar de Amor e Sabedoria presta auxílio à cerca de 2.000 pessoas por mês, com a distribuição de alimentos às pessoas que vivem nas ruas da cidade de Lauro de Freitas e de cestas básicas a famílias assistidas pela instituição.

Este trabalho de assistência às famílias carentes que vivem na periferia da cidade de Lauro de Freitas, é integrado a um trabalho de assistência social e acompanhamento individualizado de cada família, na busca de inseri-las de volta a sociedade, oferecendo-lhes além do alimento, aulas de higiene, noções básicas de convivência em sociedade além de formas alternativas de promoção social.

 

OS PRINCIPAIS OBJETIVOS DA FUNDAÇÃO SÃO:

– 1. Formação educacional  e profissional de crianças e jovens carentes, com a manutenção de uma escola tipo integral que propicie a alfabetização, o ensino fundamental e médio o ensino técnico profissionalizante.  O ensino deve, necessariamente, devido as carências locais, ser complementado com condições de vida e saúde, para permitir ao educando o pleno desenvolvimento de suas potencialidades físicas, intelectuais e espirituais, motivo pelo qual eles receberão gratuitamente além do ensino, material escolar, uniforme, alimentação e Assistência médico-odontológica.

O currículo deverá ser preparado de forma a possibilitar o entrosamento da Escola com as características e necessidades de cada região, contendo dessa forma particularidades locais que permitam aos egressos da escola da Fundação encontrar oportunidades de trabalho. Serão adotados como métodos os recursos pedagógicos que levem em conta  os avanços tecnológicos, os mesmos com a natureza e com Deus. Implementar a criação de cursos de curta duração como por exemplo: artes gráficas, manutenção de máquinas, sistemas elétricos, telefonia, corte costura, horticultura, computação e outros.

Adotar uma pedagogia espírita, buscando-se adequado ensino formal à natureza espiritual do indivíduo.

– 2. Propiciar às pessoas facilidade de acesso a emprego.

– 3. Prestar a população carente atendimento médico e nutricional.

– 4. Propiciar à população  carente acesso à escola e engajamento como cidadão.

– 5. Assessorar comunidades com o intuito de auxiliarem sua organização, crescimento e desenvolvimento de forma harmônica e pacífica, criando mecanismos e executando trabalhos que possibilitem uma melhor convivência.

– 6. Promover o desenvolvimento da criatura humana bem como da comunidade onde ela está inserida, buscando colocar ao seu alcance conhecimentos e meios de torna-la livre e responsável.

– 7. Constituição de um ambulatório e o encaminhamento de pessoas carentes para que se tornem cidadãos dignos e legítimos.

A Fundação também tem por objetivo a criação de um centro de triagem  para o atendimento em primeiro nível a pessoas carentes que se encontram nas ruas da cidade de Camaçari.

Dentro do projeto social procura-se  atender a criatura humana sem assistencialismo nem paternalismo mas procurando  sua promoção  e integração na sociedade.

Para isto, será construída uma creche  visando cuidar, alimentar e educar crianças de lares carentes, a fim de que seus pais  encontrem tempo para trabalhar.

Será distribuída uma cesta básica para pessoas carentes cadastradas, como incentivo a sua promoção social. Para estas famílias a cesta básica será distribuída durante no máximo seis meses em que serão ministrados esclarecimentos para sua efetiva emancipação.

O projeto social também prevê a facilitação  para  que a população carente encontre  meios de obter cédula de identidade, certidões de nascimento, casamento, óbito, atestado e outros documentos necessários a sua  cidadania.

A fundação não terá filiação político-partidária ou vínculo com qualquer campanha que induza o ser humano a degradação de seus costumes.

Nenhum dos membros da fundação receberá qualquer remuneração direta ou indiretamente e nem mesmo através de concessão de vantagens ou gratificações de qualquer natureza.

 

SÃO PRINCÍPIOS DOS MEMBROS QUE COMPÕEM A FUNDAÇÃO

– 1. Amar a vida, dedicando-me integralmente a ela e trabalhando sempre mais e melhor em prol do desenvolvimento da sociedade, colocando os interesses públicos e os da Fundação acima dos próprios interesses;

– 2. Dentro da convicção de que “só o trabalho pode produzir felicidade”, agir com dedicação  ao mesmo, com todo meu amor, disciplina e justa humildade;

– 3. Respeitar e manter o princípio da humildade, condição essencial ao aprimoramento do homem, quer no Estado, na Família e na sociedade;

– 4. Colaborar, através das obras mantidas pela fundação, para a construção de um mundo melhor, educando, alimentando, curando e vestindo, formando pessoas de caráter, úteis à sociedade;

– 5. Com a firme disposição de bem servir, tratar a todos com urbanidade e respeito,devotando toda atenção àqueles que procuram a fundação atendendo sempre que possível, aos seus anseios e necessidades;
FUNDAÇÃO LAR DE AMOR E SABEDORIA

A) OBJETIVOS

– 1. Formação educacional e profissional de crianças e jovens carentes para que possam melhor alcançar seu autodesenvolvimento e serem úteis à sociedade.

– 2. Propiciar as pessoas melhores condições de trabalho facilitando seu acesso a emprego.

– 3. Atender à população carente  prestando-lhes, na medida do possível atendimento médico e nutricional.

– 4. Propiciar à população carente acesso à escola e seu engajamento como cidadão.

– 5. Propiciar ás pessoas a oportunidade de realizarem seu projeto de vida, juntamente com outras e em prol de uma sociedade melhor.

– 6. Assessorar comunidades com o intuito de auxiliar em sua organização, crescimento e desenvolvimento de forma harmônica e pacífica, criando mecanismos e executando trabalhos que possibilitem a convivência entre as pessoas.

 

B) FORMA DE ATUAÇÃO

A Fundação desenvolverá quatro projetos assim designados:

1. PROJETO EDUCACIONAL

Envolvendo a manutenção e uma escola tipo integral que propicie a alfabetização de crianças, o ensino do Alfa ao ensino fundamental e médio, o ensino técnico profissionalizante nas áreas de Hotelaria, Informática e Auto peças.

2. PROJETO SOCIAL

Envolvendo a manutenção de uma creche escola, a construção de um ambulatório, a criação e distribuição de cesta básica para as famílias carentes previamente cadastradas e o encaminhamento de pessoas carentes para que se tornem cidadãos dignos e legítimos. A fundação também objetiva a criação de um centro de triagem para o atendimento em primeiro nível a pessoas carentes que se encontram nas ruas da cidade ao abandono.

3. PROJETO ADMINISTRATIVO

Envolvendo capacitação de pessoas, sejam voluntárias ou funcionárias, para prestarem serviços à fundação a fim de cumprir suas finalidades.

4. PROJETO FINANCEIRO

Envolvendo a obtenção de recursos para que a Fundação alcance seus objetivos, seja através de doações, de contribuições de associados ou de retorno de investimentos.

 

C – PROJETO EDUCACIONAL

O ensino deve necessariamente, devido às carências locais, ser complementado com condições de vida e saúde. Nas comunidades de baixa renda, a desnutrição, é fato que dificulta a aprendizagem e possibilita o alto índice de ausência escolar. Cada vez mais a criança é obrigada a complementar a renda familiar em prejuízo de sua educação formal. Tendo a criança na escola, além do ensino, a alimentação e a possibilidade de aprender algum ofício, diminuir-se-á, não só a  evasão escolar como se possibilitará seu melhor aproveitamento.

Recebendo gratuitamente, além do ensino, material escolar, uniforme, alimentação e assistência médico-odontológica, permitir-se-á ao educando o pleno desenvolvimento de suas potencialidades físicas, intelectuais e espirituais.

A criança entrará pela manhã e sairá no final da tarde, permanecendo todo o dia na escola, não mais frequentará as ruas da cidade cuja permanência aumenta a possibilidade de tornar-se um marginal.

A escola irá buscar a criança na sua casa e levará ao final do dia quando retornará ao seu lar. A escola buscará atender a criança da periferia, onde se encontram  os bolsões de miséria. Manter-se-á contato com as associações de bairro no intuito de se fazer uma pré-seleção. Buscaremos a criança que se destaque em seu meio. Tal seleção será feita por psicólogos e assistentes sociais da Fundação.

O currículo da escola será preparado de forma a possibilitar o entrosamento da escola com as características e necessidades de cada região, contendo desta forma particularidades locais que permitam aos egressos da escola da Fundação encontrarem oportunidades de trabalho. Convênios serão feitos com o intuito de aproveitar o aluno em atividade técnicas e geradoras de renda.

Serão adotados métodos e recursos pedagógicos que levem em conta os avanços tecnológicos, os altos objetivos da vida, bem como, possibilitar o encontro da criatura consigo mesmo, com a natureza e com Deus.

Deverá ser implementada a criação de curso de curta duração como, por exemplo: Artes gráficas, manutenção de máquinas, sistemas elétricos, telefonia, corte e costura, horticultura, cabeleireiro, computação e outros.

Adotar-se-á uma pedagogia espírita buscando-se  adequar o ensino formal à natureza espiritual do individuo.

PRESSUPOSTOS TEÓRICOS  DA ESCOLA

– 1. Considerando que a divisão do conhecimento é artifício da mente humana para compreensão da realidade, inserimos no composto, ciência-filosofia-religião, a Arte, também como forma de apreensão.

– 2. O homem é ao Máximo produto da natureza. Ele engloba todos os processos criativos existentes. Esta visão é profundamente importante para a compreensão do universo a sua volta. Neste sentido a preservação da natureza se revela   como de importância capital para manutenção daquela visão.

– 3. Educação pressupõe liberdade e responsabilidade. A evolução humana é um contínuo encontro consigo mesmo na afirmação da individualidade, na escolha de seu destino, formação e solidificação de novos valores.

– 4. A sociedade evolui graças à vontade criadora do homem. Desenvolvimento das faculdades que impulsione essa vontade é fundamental para o progresso coletivo. Essa vontade deverá ser desviada do egoísmo para o bem comum. As instituições que não estejam voltadas para essa finalidade provavelmente não vingarão.

– 5. A evolução do homem tem se categorizado por disputas e competições em vários  níveis. Tais disputas muitas vezes são feitas à custa de dominações e eliminações. O novo processo de crescimento deve se basear na solidariedade, onde a disputa dará lugar a integração para conquistas superiores.

– 6. A percepção humana tem caminhado da fragmentação para a síntese. A educação deve proporcionar ao homem a visão totalitária e sintética da realidade, partindo do Simples para o Composto ( Método Pestalloziano).

– 7. A aprendizagem requer imaginação, compreensão, experimentação e manutenção de hábitos antigos. É preciso renovar, rever caminhos e conhecer novas estruturas. Para compreender é necessário esforço, determinação e exigir de si mesmo a nova visão da realidade. Para experimentar é necessário vivenciar o passo anterior e passar da teoria à pratica. Para manutenção de hábitos, faz-se necessário, o acompanhamento, o auxilio que já vivencia, a aprendizagem e  a ajuda de orientadores.

– 8. A aprendizagem se processa em níveis diferentes. Em primeiro lugar a centração, o conhecimento de si mesmo e  a procura pela própria identidade. Em segundo lugar a descentração, a percepção do outro e o necessário relacionamento com os outros. Em terceiro lugar a supercentração, o reconhecimento da existência do divino como criador e mantenedor da natureza, a busca pelo divino e a compreensão de seus objetivos.

– 9.  A aprendizagem requer a compreensão da natureza espiritual do ser. A exata percepção de que, se é espírito em processo de evolução, deve-se ter noção da verdadeira natureza humana e dos caminhos necessários a se alcançar os reinos superiores da vida.

– 10. No contexto da aprendizagem não se pode esquecer os cuidados com o corpo como instrumento de evolução e o aperfeiçoamento das facilidades do espírito, entre elas as percepções do nível extra físico.

– 11. Educar-se em todos os níveis requer o cultivo da paciência, da humildade, da tranquilidade, do equilíbrio, da harmonia e, sobretudo  do amor. Amar é a essência do universo e o grande objetivo de se viver.

– 12. Educar é amar, é transcender os limites do corpo, é enxergar o espírito na sua essência.

 

D – PROJETO SOCIAL

Dentro do projeto  social procurar-se-á atender a criatura humana sem assistencialismo nem paternalismo mas procurando sua promoção e integração na sociedade.

Para isto será constituída uma creche, visando cuidar, alimentar e educar crianças de lares carentes, a fim de que seus pais encontrem tempo para a busca no  mercado de trabalho.

Procurar-se-á iniciar a construção de um pequeno posto de atendimento médico  odontológico, visando atender  a população carente.

Será distribuída uma cesta básica para pessoas carentes cadastradas, como incentivo a sua promoção social. Para estas famílias a cesta básica será distribuída durante no máximo seis meses em que serão ministrados esclarecimentos para sua efetiva emancipação.

O projeto social também prevê a facilitação a que a população carente encontre meios de obter cédula de identidade, certidões de nascimento, casamento, óbito, etc., atestados e outros documentos necessários à cidadania das pessoas.

 

E – PROJETO ADMINISTRATIVO

A Fundação terá a responsabilidade de capacitar pessoas para cumprir as finalidades determinadas por sua administração.

A Fundação procurará engajar em suas atividades, voluntários, técnicos e não técnicos  em convênio com Escolas e Universidades para a prestação de serviços comunitários.

A Fundação criará um  corpo mínimo de funcionários, possibilitando através de uma política adequada de cargos e salários, um ambiente de trabalho tranquilo e agradável.

 

F – PROJETO FINANCEIRO

Os recursos da Fundação advirão principalmente de doações de pessoas físicas e jurídicas.

 


DADOS DA FUNDAÇÃO LAR DE AMOR E SABEDORIA

– CARACTERÍSTICAS:- Entidade de utilidade pública, sem fins lucrativos.

– PARECER DO MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DA BAHIA: Parecer favorável para sua constituição em 11 de março de 2004, na forma do processo Administrativo nº_01/2004.

– REGISTRO: Com seus atos constitutivos registrados no Cartório de Registro Civil, no Registro Geral  01, matrícula 2009.

– PUBLICAÇÃO: Ministério Público da Bahia- Promotoria Geral de Justiça Terceira Promotoria de Justiça – Curadoria de Fundações. Resoluçao nº 01/2004 onde aprova o Estatuto e o Ato de Constituição da Fundação Lar de Amor e Sabedoria em 11 de março de 2004.

– CADASTRO GERAL DE PESSOAS JURÍDICAS NO MINISTÉRIO DA FAZENDA: Inscrita no CNPJ sob o nº 06.191.626/0001-09 em 26/03/2004

– SEDE: Sediada na quadra “X”, lote nº 03 no loteamento Vale  da Landirana, distrito de Abrantes, distrito de Camaçarí,

Fundação Lar de Amor e Sabedoria

O Homem de Bem

“O verdadeiro homem de bem é o que cumpre a lei de justiça, de amor e de caridade, na sua maior pureza. Se ele interroga a consciência sobre seus próprios atos, a si mesmo perguntará se violou essa lei, se não praticou o mal, se fez todo o bem que podia, se desprezou voluntariamente alguma ocasião de ser útil, se ninguém tem qualquer queixa dele;  enfim, se fez a outrem tudo o que desejara lhe fizessem.”

Allan Kardec

2 Respostas

  1. Regina Coeli de Resende disse:

    Jesus abençoe o trabalho no Bem!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *